terça-feira, 20 de dezembro de 2016

(FFXV) Capítulo 1: Um novo e imenso mundo para descobrir

Calma Noct! Esse é só o começo, vai dar tudo certo!
Por Brunoliveira

AVISO: O texto no geral contém pequenos spoilers sobre o enredo e o último parágrafo contém um spoiler PESADO sobre o final do primeiro capítulo e sobre o filme Kingsglaive.

Começar um Final Fantasy novo é sempre um motivo de excitação, é um grande acontecimento na vida de qualquer fã da franquia, jogar Final Fantasy XV então, um game que já conta com senhores dez anos em seu desenvolvimento, é uma alegria maior ainda. É com esse encantamento de criança quando ganha seu doce preferido que eu abro aquela caixinha azul e coloco o disco no PS4 e depois de uma atualização de 9GB eu começo o game.

A primeira cena é uma confusão só, você começa a andar controlando um Noctis mais velho, num cenário escuro e em chamas, Ignis, Prompto e Gladio também estão ali protegendo o Rei (?) e tem algum monstro no meio, que não dá pra identificar o que é, eles se reagrupam em um canto da tela e quando parece que o bicho vai pegar a cena acaba e já nos deparamos com o jovem Noctis, animado com a perspectiva de finalmente sair de Insomnia e poder desbravar o mundo. Se você já assistiu Kingsglaive você vai se emocionar com o diálogo entre o Rei Regis e o Noctis, a próxima cena já mostra os nossos quatro protagonistas parados, no meio da estrada, pois é, o carro quebrou e eles vão precisar empurrá-lo até uma oficina antes de continuar a sua viagem para Accordo, lugar onde será celebrado o casamento entre o príncipe Noctise a princesa Lunafreya.

Com o carro quebrando logo no começo de sua jornada, eles precisam empurrá-lo até o posto avançado Hammerhead para realizar o conserto e aí que finalmente assumimos o controle, nesse começo não tem muitas opções, é andar para a frente e empurrar o carro, um display aparece do lado direito, mostrando os comandos que você pode realizar.

Calma cachorrinho, calma!
Chegando em Hammerhead, mais cutscenes, conhecemos Cid e Cindy, os donos da oficina e que se comprometem a consertar o Regalia, mas enquanto isso Cindy pede para que Noctis cuide de algumas missões para levantar um dinheiro, já que esvaziamos a carteira para pagar a manutenção do carro e, após a conversa com ela, o controle passa inteiramente para o jogador.

Prompto registrará todos os momentos dessa aventura!
Uau, a gente fica de cara logo no começo com o tamanho do mapa e com todas as coisas que tem disponíveis para serem feitas, e fica mais de cara ainda quando vê que está num pedacinho minúsculo se comparado à tudo que vai ser desbloqueado ainda, passo no restaurante para pedir informações e novos ícones ficam disponíveis no mapa, é importante fazer isso de tempos em tempos em todos os postos avançados para liberara a localidade de mais tesouros/ingredientes/acampamentos. É só fazer essa primeira missão de Cindy e já será liberada uma nova missão, e nisso conhecemos Dave, um NPC que datá algumas sidequest para os protagonistas no decorrer do game, ele é um caçador que estava sumido à alguns dias, Cindy pede que o encontremos e ele nos dá uma nova missão, uma caçada, concluo a missão usando o máximo das minhas recém adquiridas habilidades de combate e depois disso Cindy liga informando que o Regalia está pronto para seguir viagem.

Combate não é nada sem estilo, né Ignis?
Fico zanzando pelo mapa, descubro alguns acampamentos, entro em lutas aleatórias, pego algumas caçadas em Hammerhead e vou me habituando ao combate que, de cara, deixa qualquer fã de Final Fantasy de cabelo em pé, é difícil no começo, mas com um pouco de persistência vou me acostumando às mudanças e não podemos negar que o combate em tempo real é um charme à mais pro jogo, as lutas ficam parecendo cenas de filme, hehe! Quando decido seguir a história volto para Hammerhead e sigo viagem, Cindy pede para fazermos uma entrega num posto avançado que fica na direção para a qual estamos indo: a Área de descanso de Longwythe. Chegando lá, só fazer a entrega pro dono do Hotel (descansar no hotel dá um bônus de 50% sobre a EXP acumulada) e o novo destino da quest principal fica visível: A Baía de Galdin, o hotel daqui dá um bônus de 100% sobre a EXP acumulada, ou seja, duas vezes mais XP, mas em contrapartida custa a bacatela de 10.000 gil a noite (O.O). Aqui, preciso tomar um barco que me levará para o meu próximo destino, maaaaas, devido à uma ordem do império todos os barcos estão suspensos e é aí que conheço Dino, um repórter (mal caráter) que diz precisar da ajuda do príncipe e que, caso façamos o "favor" ele descola uma carona pra gente num barco e ainda "deixa" a viagem do príncipe continuar sem os holofotes da mídia. Sem muita alternativa, aceitamos o trabalho, basta recolher uns itens para ele no ponto marcado no mapa e retornar, sem mistérios.

O cais de Galdin é um dos lugares mais lindos que já passei até agora!
No cais também temos o primeiro ponto de pesca do jogo. Ooooo troço chato, hahaha... Mas quem quer platinar não vai ter escapatória, então, já pego alguns peixinhos pra ir adiantando o meu lado, rsrs... Depois de um tempo vai até ficando menos pior o mini-game, heheh...

Outra vez no cais, entregamos os itens e Dino pergunta se estamos prontos para partir e prontamente uma mensagem aparece dizendo que pode ser que demoremos um tempo para voltar a região de Leide, então decido fazer mais algumas quests e caçadas antes de partir. Quando finalmente decido ir, descubro que fui trollado pela Squenix, hahaha...

Durante a noite, a viagem sempre fica mais perigosa!
Ao escolher partir temos uma sequência de cenas em CG, descobrimos que a assinatura do acordo  de paz deu ruim em Insomnia e que o Rei está morto. Na manhã seguinte, Ignis chega no hotel portando as tristes notícias para o príncipe, que decide retornar para casa.

O caminho para Insomnia está bloqueado então sigo por um caminho lateral enfrentado vários soldados robôs Magitek e quando finalmente consigo chegar no final do caminho temos mais uma bela cena.

Noctis conversa com Coru, Marechal de Insomnia e um grande amigo de sua família que confirma a morte do Rei e a traição do império na assinatura do acordo de paz e é nesse clima de desolação total que termino o primeiro capítulo do game.

0 comentários:

Posts relacionados: