terça-feira, 13 de dezembro de 2016

(FF XV) Elemancy: Entendo a criação e a manipulação de magias em Final Fantasy XV

Por André Anastácio.

Olá Pessoal!

Estou de volta e dessa vez vou tentar explicar tudo sobre esse novo sistema de magias adotado em Final Fantasy XV.

Preparem-se para um post beeem longo e com algumas partes um pouco complexas, então caso algo esteja confuso demais basta postar aí nos comentários e tentarei solucionar as dúvidas assim que possível.

O novo sistema tem prós e contras e apesar de a princípio ser extremamente básico, é possível se aprofundar bem e perceber que existe espaço pra bastante customização e certa complexidade. Então vamos lá!

Começando do básico: Os três tipos de magia

Antes de mais nada, é importante entender quais são as três magias "base" que você terá acesso ao longo game. São elas: Fire (fogo) Lightning (raio) e Ice (gelo).

Magias no mundo de Eos funcionam de maneira bem diferente do que estamos habituados em outros Final Fantasys. Desta vez, elas serão o efeito de misturas feitas por você utilizando a matéria retirada diretamente das fontes elementais espalhadas pelo mapa, as quais você pode manipular e combinar de diversas formas para criar efeitos diferentes.

Absorvendo Ice

Absorvendo Thunder
Essas fontes de magia estão, geralmente, próximas aos lugares onde é possível acampar e ficarão sempre representadas no mapa após serem descobertas.

Criando as três magias básicas

Para utilizar os materiais coletados e criar suas magias, basta acessar o menu do jogo e ir até a opção "Elemancy" (Magia, em Pt-Br).

A partir dali você poderá usar as garrafas que estiverem disponíveis para misturar os elementos e, dependendo do que for utilizado, irá obter diferentes efeitos em suas magias.




Para criar suas magias, primeiro selecione a garrafa na qual deseja guardá-la e logo após deverá decidir quais materiais irá colocar na mistura

Inicialmente irei explicar sobre como criar as 3 magias básicas do game de forma pura, utilizando apenas as energias de Fire, Lightning e Ice que resultarão, respectivamente, nas magias Fire, Thunder e Blizzard.





Nesta tela, você deve selecionar o elemento da magia que deseja criar e logo em seguida determinar a quantidade que irá usar deste elemento. Aqui entra o primeiro aspecto muito importante da criação de magias: A quantidade que você colocar de cada elemento irá influenciar diretamente na potência final dela.

Por exemplo, se adicionar 99 Fire durante a criação (e nada mais), sua magia terá 99 de potência. Em sua árvore de ascensão você poderá melhorar esse resultado (como adicionar +10 ao resultado final da potência).

Vale citar aqui que a criação de magia sem catalisadores sempre irá resultar em 3 recargas dela, independente da potência final. Em outras palavras, se usar 10 Fire irá obter 3 magias Fire com potência 10, e caso usar 99 Fire irá obter 3 magias Fire de potência 99. Espero que isso tudo não esteja muito confuso.




Na imagem acima, é possível ver os quatro ícones que podem ser selecionados. O de cima, o da direita e o da esquerda são os 3 elementos principais e o de baixo é onde você poderá selecionar catalisadores (falarei sobre eles mais a frente).

Níveis avançados das 3 magias básicas

Se você já jogou algum jogo da série Final Fantasy, provavelmente sabe que as magias principais possuem 3 versões, sendo uma mais poderosa que a outra. A maneira mais fácil de diferenciar essas versões é através do nome, que irá possuir um sufixo "ra" ou "ga" em suas variações. Exemplo: Fire (primeira versão), Fira (segunda versão, mais potente do que Fire) e Firaga (última versão, mais potente do que Fira).

Em Final Fantasy XV, alcançar essas versões significa criar uma magia com maior potência. Abaixo segue uma tabela que indica a potência necessária para criar cada magia básica e seus versões melhoradas.


Mas se o máximo que é possível estocar de cada elemento é 99, como obter uma magia de potência 150, ou 200? Existem duas maneiras para isso.

A primeira é criando magias híbridas misturando mais de um elemento durante a criação, e a segunda é através de catalisadores. É sobre essas duas maneiras que falarei agora.

Magias híbridas


Imagine o seguinte cenário:

Você está no meio daquela luta e precisa de uma magia para acertar em cheio na fraqueza do seu alvo. Ao entrar no menu, você percebe que não poderá criar uma magia muito forte por que não possui 99 daquele elemento no seu estoque. Fique calmo e respire fundo pois é possível utilizar outros elementos para complementar ou mesmo maximizar o dano de determinada magia (Alcançando 100+ de potência).

Mas o quê isso significa e como isso funciona?





O jogo possui um sistema de mistura de elementos que irá funcionar de maneiras diferentes dependendo da quantidade de cada um deles que for colocada. O único contra deste método, é que a potência final irá ficar ligeiramente menor em relação a uma magia pura criada com a mesma quantidade de energia elemental.
  • No caso de apenas 2 elementos utilizados na mistura:
Neste caso o jogo irá seguir duas regras simples.

1 - Caso um dos elementos esteja em maior quantidade, a magia resultante será referente à esse elemento.

Ou seja, no caso de uma mistura de 30 Fire + 29 Lightning, a magia será Fire. Caso fosse 30 Lightning + 29 Fire, a magia seria Thunder.

Neste exemplo vemos que Fire permanece, pois está em maior quantidade
2 - No caso de dois elementos utilizados em igual quantidade o sistema adotará a ordem Fire>Ice>Lightning.

Ou seja, numa mistura de 30 Fire + 30 Ice, a magia final será Fire. Com 30 Ice + 30 Lightning, a magia será Blizzard e com 30 Fire + 30 Lightning, novamente teremos Fire.


Neste exemplo vemos que no caso de Fire + Ice em iguais quantidades, a magia resultante será Fire.
  • No caso de 3 elementos utilizados na mistura:
Neste caso, a regra se complica um pouco e é possível até criar uma nova magia. Aqui teremos três possibilidades.

1 - Caso as 3 magias estejam em quantidades exatamente iguais, obtêm-se a magia chamada Unicast.
A magia Unicast é simplesmente uma magia randômica, a qual você nunca saberá o que irá sair ao apertar o botão para utilizá-la. Pode ser que ao apertar uma vez irá soltar Fira e ao tentar usá-la de novo irá sair Blizzara. Não há como saber ou controlar o que irá acontecer. Obviamente elas só são randômicas em seus elementos. A sua potência ainda será sempre a indicada durante sua criação.

Criando a magia Unicast
2 - Para que o resultado de uma mistura de 3 elementos seja uma magia pura, o elemento desejado precisa estar em quantidade maior ou igual do que a soma dos outros 2.

Por exemplo, para criar a magia Thunder utilizando 30 de energia Lightning, a soma da quantidade de Ice e Fire que eu colocar precisa ser menor ou igual a 30.

Algumas possibilidades são:

14 Fire + 14 Ice + 30 Lightning = Thunder
15 Fire + 15 Ice + 30 Lightning = Thunder

15 Fire + 15 Ice <= 30 Lightning, logo o resultado é Thunder
3 - E caso um dos elementos esteja em maioria e a soma dos outros dois seja maior do que ele, novamente o resultado será Unicast.

16 Ice + 15 Lightning >= 30 Fire, logo o resultado será novamente Unicast


Catalisadores e seus efeitos

Catalisadores são itens que você pode adicionar durante a criação de suas magias que poderão fazer MUITA diferença no resultado final. Por isso é importante conhecê-los e compreendê-los para fazer o melhor uso de suas magias.

Os tipos e efeitos de catalisadores

Alguns catalisadores possuem efeitos básicos como apenas adicionar mais potência ou aumentar a quantidade de recargas que sua magia terá, mas alguns podem adicionar efeitos extremamente úteis à elas.
Para explicar melhor os efeitos que um catalisador pode oferecer, vou transcrever e traduzir aqui a tabela que contêm essa explicação diretamente do guia oficial da Neiva. 

Tabela de efeitos das magias
Clique aqui para acessar a imagem em tamanho maior
Como podem notar, alguns destes efeitos possuem variação em sua efetividade e o que afeta isso é a quantidade e a qualidade do catalisador que você adicionar na mistura.
Por isso é importante saber que os catalisadores possuem dois parâmetros: Nível de efeito e uma potência própria. A potência de um catalisador significa a potência que ele irá adicionar à sua magia. Já o nível de efeito está relacionado a quão efetivo aquele catalisador terá ao adicionar o seu efeito secundário em suas magias. Isso significa que catalisadores diferentes, ainda que adicionem o mesmo efeito, terão desempenho diferentes e alguns serão mais efetivos (e difíceis de conseguir) do quê outros.

Exemplificando: O item "Potion" possui 25 de nível de efeito e adiciona o efeito Healcast quando utilizado como catalisador. De acordo com a fórmula da tabela acima, para saber a porcentagem de HP que uma magia com Healcast irá curar, calcula-se: (nível de efeito do catalisador) x (quantidade de catalisador usado).

Utilizando 1 Potion, tem-se: % de cura = 25 x 1. Ou seja, irá curar 25% do HP.
Caso utilize 2 Potions tem-se: % de cura = 25 x 2. Neste caso a magia irá curar 50% do HP.



Abaixo irei listar alguns catalisadores que merecem destaque (como os que criam as magias em sua forma mais poderosa) e no fim irei deixar fotos da lista completa de todos os catalisadores do game e seus respectivos efeitos para quem quiser se aprofundar mais.

PS: Para deixar bem claro: Potência do item é a potência que ele irá adicionar à sua magia, e nível de efeito é o valor utilizado no efeito que ele irá adicionar.






Estou pensando em complementar essa tabela com a localização destes itens, vamos ver.

Aqui a lista completa dos catalisadores (clique nas imagens para ampliar).










Dicas sobre a utilização de magias

Bom, depois de tanto falar sobre a criação é hora de finalmente dar algumas dicas sobre a utilização delas.
  • Antes de mais nada, as magias afetam também à você e seu grupo.
Isso significa que você precisa ser extremamente cauteloso sobre como e quando utilizá-las. Até mesmo o efeito que fica após elas serem lançadas (como a grama que continua queimando após lançar Fire) irá afetar a você e seu grupo.
Uma dica para facilitar em relação a isso é utilizar uma magia logo na abertura da luta, quando muitas vezes os seus aliados estão atrás de você e os inimigos estão agrupados.
Outra dica é usar a magia Reagrupamento do Ignis (que reagrupa e cura todo o grupo) para tirar eles do caminho e liberar espaço para lançar as magias.
  • Em hipótese alguma equipe suas magias em dos seus 3 companheiros.
A não ser que você queira se ver queimando, sendo eletrocutado ou congelado.
Sério, eles não fazem absolutamente nenhuma questão de soltar as magias nos momentos certos e irão atrapalhar DEMAIS a sua vida.


Bom pessoal, a princípio é isso!

Talvez eu complemente esse post com algumas coisas a mais e altere coisas que não ficarem claras o suficiente.

Até a próxima!

0 comentários:

Posts relacionados: