quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Sony anuncia PlayStation 4, jogos, DualShock 4, mas console segue mistério

Isso é um resumo de tudo que aconteceu!

A Sony anunciou em Nova York, nesta quarta-feira (20), o lançamento do tão esperado PlayStation 4, para aplacar a ansiedade dos amantes do console. Mas o PlayStation Meeting, nos Estados Unidos, conseguiu a proeza de não mostrar nenhuma imagem do aparelho. As novidades ficam por conta de uma arquitetura semelhante a de um PC, com 8 Gb de memória, mais interações sociais entre os jogadores e a integração com o PS Vita.



A apresentação começou com um vídeo institucional empolgante, que mostrou vários personagens da Sony e formas de se divertir com o PlayStation. Em seguida, Andrew House, presidente da Sony Computer Entertainment, subiu ao palco para apresentar o "novo conceito de entretenimento" da empresa.

House começou falando de "reimaginar a experiência" de jogos, tirando o jogador da sala de casa e levando a diversão para qualquer lugar, com jogos para PS Vita, celulares e tablets. Em seguida, finalmente foi apresentado na tela do evento a marca do tão esperado PS4.




Finalmente, o PlayStation 4

Em seguida, um dos engenheiros que participou do projeto, Mark Cerny, subiu ao palco para iniciar a apresentação do console e do que ele pode ser capaz. Cerny seguiu sua apresentação reconhecendo que a arquitetura Cell do PS3 era complicada para os desenvolvedores, e que o PS4 deveria seguir um caminho mais simples.

Por isso, o PlayStation 4 foi criado em cima da plataforma x86, como um PC comum, e terá 8GB de memória RAM dedicada para os gráficos, como forma de facilitar a criatividade dos desenvolvedores, segundo Cerny.



DualShock 4

Cerny mostrou na sequência o controle DualShock 4, que teve as especificações vazadas dias atrás. O novo controle vem com com uma barra de luz para identificar os jogadores e um pequeno touchpad. O controle ainda tem um botão "Share" para compartilhar vídeos e fotos na rede, entre os amigos.

Demonstração com Unreal Engine 4

Em seguida, Cerny chamou um vídeo que rodou uma animação criada em Unreal Engine 4. A demonstração serviu para mostrar o poder de fogo da APU anunciada pelo Cerny, que consegue rodar em tempo real milhares de objetos individuais na mesma cena, além de avançados cálculos de física.




Compatibilidade

A princípio, o PlayStation 4 não terá retrocompatibilidade para rodar jogos do PS3.

Gravação de vídeo

Com PlayStation 4, o jogador poderá gravar um vídeo de suas ações durante uma partida e compartilhar com seus amigos pela rede do console. Deste modo, "o jogador com dificuldade em passar por uma fase poderá compartilhar e pedir ajuda dos seus amigos na hora" - disse Cerny. Ele ainda garantiu que isso tudo é possível sem exigir mais do processamento do console e, portanto, sem atrapalhar o jogo em questão.



Nova rede de entretenimento

Na sequência, o fundador da Gaikai, David Perry, subiu ao palco para falar sobre a rede projetada para o PlayStation 4. Nesta nova rede, o jogador poderá testar um jogo sem precisar de download, basta apenas selecionar a demo desejada e comecar a jogar "via streaming".
Para aumentar a experiência social, a Gaikai fechou parceria com o Facebook e o UStream. Assim, será possível assistir e transmitir partidas em tempo real, para que jogadores conectados à PSN possam participar de alguma forma, com comentários e ajudas para momentos difíceis em determinadas fases dos jogos.
Além disso, serviços como Crackle, Hulu Plus e Netflix estarão disponíveis já no lançamento do PlayStation 4.

Integração com PS Vita

Perry também aproveitou para mostrar como o PS Vita será usado de forma integrada ao PlayStation 4. O console portátil da Sony servirá como um controle similar ao do Wii U, deste modo, a ideia é que os jogos do PS4 possam ser transmitidos para a tela do PS Vita.



Killzone: Shadow Fall

O primeiro jogo de uma franquia Sony para o PS4 foi apresentado em um gameplay em tempo real, jogado no palco do evento. O game mostra todo o poder do console, com vários elementos gráficos acontecendo na tela ao mesmo tempo.



Driveclub

O segundo jogo demonstrado é uma novidade: "Driveclub" mostrou o poder gráfico do console em um game de corrida de carros. O vídeo surpreende pelos detalhes do veículo, como pneu e fibra de carbono, e pela sensação de velocidade aprimorada. O jogo, que estará disponível na estreia do console, apresenta direção em primeira pessoa e detalhes como colocar o cinto antes de começar a direção.



Infamous: Second Son

Logo depois, a Sony apresentou mais um jogo da série Infamous. Desta vez, nenhum gameplay foi apresentado, apenas uma CG que mostrou um pouco da história e do universo onde a trama se passará. No final, o título do jogo apareceu, sugerindo que trata-se da história do filho de Cole MacGrath



The Witness

Logo depois, um jogo puzzle com aspecto infantil mostra grande beleza criada pelos gráficos do PS4. Nenhum outro grande detalhe foi apresentado.

Quantic Dream

Depois, David Cage, da Quantic Dream, subiu ao palco para falar da evolução dos polígonos na criação dos personagens dos jogos da empresa. Em seguida, mostrou o 3D de um senhor de idade com detalhes realísticos como manchas na pele e fios de cabelo independentes, mostrando todo potencial gráfico do PS4.

PS Move

Alex Evans, da Media Molecule, entrou para falar dos novos conceitos de uso para o PS Move. A ideia da empresa é usar o controle de movimento não só para interagir com os jogos, mas também para criar elementos na tela em tempo real.

Capcom

O folclórico Yoshinori Ono, da Capcom, apareceu para falar da nova engine projetada pela Capcom para explorar as novas possibilidades gráficas do PlayStation 4, e um jogo em desenvolvimento chamado "Deep Down" (veja o vídeo abaixo). Antes disso, Ono mostrou a evolução dos jogos da empresa, desde o PS1 até o dias atuais.



Square-Enix

A empresa abriu sua apresentação com um vídeo mostrando a CG gerada pela nova engine construída, pensada na nova geração. Porém, o vídeo já havia sido demonstrado na E3 2012. No final, disseram que um novo título de Final Fantasy, que está sendo desenvolvido em cima desse novo motor, será apresentado na E3 2013.



Ubisoft e Watch Dogs

O evento continuou com a apresentação da Ubisoft. Um dos representantes a empresa jogou uma demonstração de Watch Dogs ao vivo. Os gráficos realmente impressionam e mostram melhorias em relação ao que foi apresentado na E3 2012



Blizzard e Diablo III

Surpreendendo a todos que acompanhavam a transmissão em tempo real, a Blizzard subiu ao palco para anunciar a versão do Diablo III para PlayStation 4 e PS3. Nenhum vídeo ou gameplay foi apresentado, o que indica, a princípio, que não haverá melhorias significativas no gráfico do jogo.




Activision e Bungie

A Bungie subiu ao palco para demonstrar mais uma vez o jogo Destiny, que ainda não está finalizado. O jogo é um FPS com acontecimentos relevantes para a trama acontecendo online, mas sem ser um MMO. Esse conceito novo, assim como o gameplay do jogo deve ser anunciado na E3 2013.



Natal de 2013

A Sony terminou a apresentação mostrando um vídeo que faz uma retrospectiva de tudo que foi demonstrado nesta noite. E ainda, a data de lançamento programada para o final deste ano.


Agradeço a todos que tem frequentado o blog, muito obrigado pela sua presença.

Fonte

0 comentários:

Posts relacionados: