sábado, 23 de fevereiro de 2013

Hardware do PlayStation 4 é melhor do que o do Wii U; veja a comparação

Depois de muita especulação e inúmeros rumores, detalhes sobre a capacidade do PS4 foram revelados. A aposta da Sony para a próxima geração de consoles impressionou com gráficos realistas, anúncio de novos games e um integração promissora com uma rede social própria. Mas como o PlayStation 4 se saiu em relação ao concorrente que chegou mais cedo ao mercado, o Wii U da Nintendo?

Tire dúvidas sobre preço, lançamento, hardware e jogos do PS4



Gráficos

Neste quesito, não há comparação. Quando o Wii U foi anunciado, na E3 de 2011, a Nintendo foi a primeira a dizer que, mesmo o console contando com gráficos em HD, este não seria seu principal foco. Com alguns jogos já lançados, já dá para se ter uma ideia do potencial do videogame, que quando atingir seu auge poderá ser superior ao PS3 e Xbox 360. Mas o que se viu na Playstation Meeting foi surpreendente.

Os gráficos in-game mostrados nos trailers de Killzone Shadow Fall, Drive Club e novo game da Bungie, Destiny, superaram as expectativas até dos mais otimistas. Já a demonstração técnica feita por David Cage, da Quantic Dream, mostrando o rosto humano construído em uma nova engine, chocou pelo hiper-realismo. Poderemos conferir o real potencial técnico do console na E3, caso sejam disponibilizados demos jogáveis, mas as primeiras impressões não poderiam ser melhores.


Jogabilidade

Um dos principais rumores em relação ao PlayStation 4, a reformulação do controle DualShock, não se confirmou. O DualShock 4 apresentado pela Sony é o mesmo cuja imagem foi vazada há duas semanas pelo site americano IGN e, em seguida, pelo Kotaku. Com a mesma disposição de botões, este novo controle se diferencia por um pequeno touch-pad em sua parte central e pelo botão “share”, que permitirá ao jogador compartilhar imagens e vídeos do jogo a qualquer momento. Não foi feita nenhuma demonstração de como o touch-pad será utilizado, mas seu tamanho reduzido não abre muitas possibilidades.

Desta forma, o PS4 se distancia do Wii U com relação à inovação. O console da Nintendo e o seu controle em formato de tablet ainda não tiveram seu potencial totalmente explorado, mas têm ótimas perspectivas. Com uma apresentação breve, a Sony confirmou que usará o PS Move – não se sabe se o mesmo já lançado ou uma versão atualizada – através de uma demo em que dois jogadores controlavam a dança de personagens, mas não foi dito nada além disto.



Conectividade

Este foi um dos grandes destaques da apresentação do PS4. Assim como a Nintendo, com o Wii U e o seu Miiverse, a Sony aproveitou a aquisição da Gaikai para criar sua própria rede social de jogadores, que promete ser mais eficiente e integrada que a PSN. Entre as principais funcionalidades apresentadas, está a possibilidade de gravar e compartilhar vídeos e imagens instantaneamente com seus amigos. Outra possibilidade bem empolgante é a de deixar que amigos interajam com o jogo em tempo real através de um tablet, PC ou smartphone, seja através de dicas ou até mesmo assumindo o controle do jogo. As possibilidades de como os desenvolvedores poderão aproveitar essa capacidade são bem empolgantes.

Já o Miiverse, na experiência multiplayer e troca de informações, trará uma evolução daquilo que os jogadores puderam ter no Wii, tendo seu ápice na Nintendo Land. Contudo, não é exagero que, em jogos como Watch Dogs, a rede da Nintendo funcione da mesma forma que a da Sony ou a futura rede da Microsoft, tornando a experiência muito mais social. Está claro que o objetivo da próxima geração dos games será tornar a experiência de single player cada vez menos single.




Games Anunciados

O Wii U já tem quase seis meses de vida e vive um dilema: seus principais jogos ainda não foram lançados. Os novos The Legend of Zelda, Rayman Legend (que perdeu a exclusividade), um novo Mário Kart e o retorno de franquias como Star Fox e Metroid ainda estão no horizonte, enquanto o console vive dos novos games da franquia Mario e de jogos multiplataforma para a atual geração. E a verdade é que isto tem afetado as vendas do videogame.

Ao que parece, a Sony se precaveu para evitar este problema no PS4. Logo, na PlayStation Meeting, já foram anunciados 10 games, entre eles exclusivos como Killzone Shadow Fall, InFamous Second Son, Destiny e The Witness. A expectativa é que todos eles cheguem às lojas junto com o console. Mais games devem ser anunciados na E3 e rumores já apontam para um novo Uncharted, mais um God of War e até mesmo o novo Assassin’s Creed. A verdade é que, com a possível concorrência do sucessor do Xbox 360, a Sony não poderá se dar ao luxo de repetir o erro da Nintendo. Ter uma boa biblioteca de lançamentos será estrategicamente fundamental.






0 comentários:

Posts relacionados: