terça-feira, 27 de novembro de 2012

'Processador do Wii U é horrível e lento', diz desenvolvedor de jogo

O gerente técnico da 4A GAmes, Oles Shishkovtsov, comentou em uma entrevista que o jogo Metro: Last Light não sairia para o Nintendo Wii U porque “o console tem um processador horrível e lento”. O comentário gerou bastante repercussão, a ponto de um representante da empresa e da THQ, que publica o jogo, tentar esclarecê-lo.



No comentário original de Oles, ele dizia que a equipe analisou o Wii U, concluindo que seria necessário diminuir muito a qualidade de Metro: Last Light para que ele funcionasse no console e que não valeria a pena. De acordo com o gerente, apenas adicionar uma versão para PlayStation 3 já havia sido um desafio para a equipe.

Um representante da 4A Games e da THQ, Huw Beynon, no entanto, comentou que a afirmação apenas refletia a opinião de um programador sobre uma parte específica do videogame, desconsiderando outros fatores. Segundo ele, muitos outros programadores tiveram dificuldades com o processador do Wii U, mas driblaram as limitações utilizando outras vantagens.

De acordo com Beynon, Metro: Last Light é um jogo com foco no processamento, mas que eles poderiam colocá-lo no Wii U comprometendo algumas coisas, assim como as versões do Xbox 360 e PlayStation 3 também tiveram que ter alguns comprometimentos em relação à versão PC.

“Nós realmente consideramos o que precisaria para levar o jogo ao Wii U” - disse Beynon - “É certamente possível e é algo que gostaríamos de fazer. Mas a realidade é que isso significaria um time e esforços dedicados a essa versão, o que seria prejudicial ao nosso foco”, explicou.

Fonte

0 comentários:

Posts relacionados: