Pular para o conteúdo principal

(FFXV) Capítulo 11 - O caminho para Tenebrae


Por Brunoliveira

AVISO! É sempre bom avisar que o texto contém spoilers leves sobre a história!

O capítulo inicia com uma cena rápida de conversa entre Noctis e Ignis, Gladio chega e Ignis segue com ele, de repente, o tempo parece parar, Noctis se levanta assustado à tempo de dar de cara com Ardyn, o chanceler imperial quer continuar com os seus joguinhos, sigo ele ao longo do trem tentando acertá-lo, mas todos meus esforços são inúteis. Ele some e Prompto aparece, devemos ir checar a parte traseira do trem, enquanto Gladio e Ignis tomam conta da frente. Um ataque pesado começa sobre o trem e Noctis quer proteger as pessoas à bordo, então desço com Prompto para dar conta das tropas imperiais, hordas e mais hordas aparecem, tenho que eliminar todas enquanto uma barra com o HP do trem é mostrada acima, se ela chegar a zero bau bau, game over sem choro nem vela! Por fim um tanque de guerra aparece e ao destruí-lo o trem começa a se mover novamente.

Subo à bordo junto com Prompto. Um novo ataque começa, dessa vez aéreo, tenho que ir me translocando entre as naves e derrubando uma à uma, faço isso e retorno para o trem à tempo de ver Prompto sendo rendido por Ardyn, Noctis parte para o ataque, não, pera, era o Prompto que estava rendendo o Ardyn, ele usou alguma artimanha para fazer com que parecesse o contrário e, graças ao seu truque, Noctis empurra Prompto para fora do trem e temos o fim do capítulo.

Esse capítulo é, talvez, o menor do jogo, mas é intenso e tenso, passa muito rápido e quando você vê já acabou. As cenas de combate, ainda que fáceis, são muito boas, dignas de filme de hollywood! Fiquei intrigado com algumas coisas que o Ardyn falou para o Noctis no trem e estou começando a formar uma teoria na cabeça, vamos ver se estou certo até chegarmos à conclusão da saga! Estamos caminhando para o fim, socorro! Eu não quero que acabe!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Final Fantasy XVI - Novas Artworks dos Eikons e trechos de Gameplay

A contagem regressiva para Final Fantasy XVI continua, e a Square revelou recentemente novas Artworks e cenas de gameplay. Veja a seguir: Combate entre Eikons: Utilizando habilidades Eikon em combate: Modo História: Adquirindo novas habilidades: E também novas artworks dos 8 Eikons principais revelados até o momento: Disse e repito, esse Bahamut está um espetáculo!

(FF XV) Guia oficial de Final Fantasy XV completo, em PDF, para download free

Clique na imagem para fazer o download (via torrent) Graças a Deus! Minhas preces foram atendidas e uma boa alma postou o guia oficial de Final Fantasy XV em pdf e com download free. Já baixei e a qualidade é ótima! O guia em papel é quase imprestável. As letras são minúsculas e cinza. Praticamente tem que ler com lupa. Agora em PDF tudo ficará mais fácil. Aproveitem! Sabe-se lá quanto tempo vai ficar disponível. E muito obrigada, André Anastácio, por trazer isto para nós! (Link atualizado em 13/01/17)

(FF XV) DICA DE ITENS: O que NÃO vender

NÃO VENDER: Metal Scrap Rusted Bits Dynamo Magitek Core Glass Gemstone Earth Gemstone Sky Gemstone Magnetron Monster Claw Cylinder Coreurl Whiskers Barbed Scythe Cactuar Needle Spiked Armor Sturdy Helixhorn Repair Kit Estes itens são utilizados para upgrade em armas ou em quests. Dica do Matheus Razera via GameFaqs (Obrigada). ... Além disto, existem aproximadamente 200 itens que podem ser utilizados como catalisadores para melhorar as magias. Ainda não sabemos quais são realmente bons e úteis e até sabermos, eu recomendo não vender realmente nada.

Tomb Raider foi o principal motivo da Square Enix ter comprado a Eidos,e mais

Em entrevista ao site Games Industry, Karl Stewart diretor da marca Tomb Raider disse que o principal motivo da compra da Square Enix foi Tomb Raider "... Não poderiamos desaponta-los, então precisavamos criar o melhor Tomb Raider feito por nós" Karl Stweart também falou que este jogo é o projeto mais importante que a Crystal já realizou. "Refazer uma franquia com tanto tempo de vida e que tem uma clientela tão grande, é muito difícil, (...) muitos jogadores vão olhar para trás e lembrar com carinho de Tomb Raider, a pressão, a dificuldade de recriar essa franquia, foi a mesma de recriar Batman ou James Bond. Sobre a versão para Wii U, Karl Stewart falou que não queria simplesmente fazer uma portabilidade do jogo, e sim criar algo único para o console que abre novas possibilidades, e sobre as DLC's Karl Stewart preferiu não contar muito, apenas disse que não irão lançar DLC's só para ganhar dinheiro, tem que ser algo que se encaixe, completou também que o n

(FF XII) Zodiac Job System e seu sistema de classes

Por André Anastácio O quadro de licenças e o Zodiac Job System Para quem não é familiar, o quadro de licenças de Final Fantasy XII é onde ocorre toda a customização sobre o que é que o personagem poderá fazer. É basicamente uma enorme árvore de talentos (semelhante ao Sphere Grid do X) no qual podemos seguir o caminho que desejamos e, dessa forma, customizar o estilo de combate de cada um dos personagens. Tudo que quisermos que um personagem tenha acesso - indo desde magias e técnicas, e até mesmo quais equipamentos ele poderá equipar - precisa ser comprado no quadro de licença antes de estar disponível para aquele personagem. A principal diferença entre o jogo base e o Zodiac Job System está justamente no quadro de licenças. Na primeira versão, existia apenas um enorme quadro disponível para cada personagem e não existia nada que limitasse o que é que os personagens poderiam ter acesso enquanto avançavam por ele. Dessa forma, ao chegar no fim do jogo seus personagens pod