sexta-feira, 5 de abril de 2013

Diretor criativo da Microsoft não entende o "drama" em torno de um Xbox sempre online

Adam Orth argumenta que cada dispositivo está agora "sempre ligado" e que os clientes vão ter que lidar com isso.


Adam Orth, diretor criativo da Microsoft Studios argumenta contra o "drama" que cerca o conceito de jogos de consoles que exigem uma conexão de internet sempre ligado.

Falando em sua conta pessoal no Twitter (que agora está privada), Orth argumentou: "Desculpe, eu não entendo o drama em torno de ter um console "sempre conectado". Cada dispositivo está "sempre conectado". Esse é o mundo em que vivemos #dealwithit".

Orth entrou na Microsoft em 2012 como diretor de criação em um projeto atualmente sem aviso prévio. Ele já trabalhou em God of War 3, Star Wars: The Force Unleashed II, e sobre a série Medal of Honor da EA.

"Você não aprendeu nada com Diablo III ou SimCity? Você sabe que a internet de algumas pessoas não é perfeita? Lidar com essa razão é uma merda", respondeu o designer Manveer Heir da BioWare.

"A eletricidade cai também", disse Orth em resposta.

"A recepção móvel na área que eu vivo é irregular e não é confiável. Eu não vou comprar um telefone móvel", disse Orth como uma brincadeira.


Enquanto Orth mais tarde pediu desculpas por seus comentários, o debate chega depois de outro relatório de destaque que diz que o Xbox da próxima geração da Microsoft vai exigir uma conexão permanente à Internet para carregar os jogos, e que todos os jogos serão suspensos se o console ficar offline por mais de três minutos.


"A menos que algo mude, unidade consumidoras do "Durango" devem ter uma conexão ativa com a internet para ser usado", disse uma fonte próxima sobre o Xbox.

Durante o anúncio do PlayStation 4, a Sony foi rápida em afirmar que o próximo PlayStation 4 não apresenta a exigência de sempre estar online.

Tanto a Sony quanto a Microsoft têm explorado formas de utilizar a conexão conectada a Internet para bloquear pré-propriedades de jogos no passado.

Fonte

0 comentários:

Posts relacionados: