terça-feira, 4 de abril de 2017

(Zelda) Ha Dahamar Shrine - The Water Guides You e um cavalo para chamar de meu!


Quando ganhei o parapente, também ganhei 2 missões principais. Uma é matar o bandidão e libertar Zelda e o mundo. Outra é ir até o vilarejo de Kakariko e falar com Impa. Isto foi alguns dias atrás. Tá ali. Tão perto! E tão longe!

O que é mais legal e ao mesmo tempo mais desconcertante em Zelda é isto: você não consegue manter o foco. Você está indo para a frente, por exemplo. Seu objetivo está a poucos metros. Daí à esquerda ou à direita, você vê algo que você quer: uma árvore que pode conter ovos, frutos ou cogumelos, uma ave ou animal que pode matar, uma construção diferente, uma florzinha que pode ser um Korok, uma pedra que pode explodir para obter uma gema, algum npc, uma fogueira... Eu penso: "vou, pego (ou faço, converso, etc...) rapidinho e volto para meu caminho.". Aí quando chego lá, à frente, tem algo mais que me interessa e quando vejo, já fui, horas se passaram, esqueci completamente o foco anterior. As distrações para te seduzir são infindáveis. A melhor forma de jogar é simplesmente relaxar e deixar acontecer. lol

Olha a distração: você pensa em matar o bichinho para pegar sua carne e chifres, etc...
Ele começa a correr. Você vai atrás. Já era. Adeus foco anterior. lol

Bem... No caminho até a vila, encontrei a Shrine anterior e com muita dificuldade, sendo bastante determinada, consegui chegar até uma estalagem onde poderia aprender a domar cavalos, porque acho que preciso de um cavalo aqui. rs

Ah... Pera... Antes disto eu fui na torre da área. Me falaram que a principal coisa a se fazer quando se chega em uma nova área é ir até a torre, porque nela você ganha o mapa da região e como bonus pode usar o zoom para procurar novas Shrines.

As torres são sempre vermelhas até que você as acione, quando se tornam azuis.

Nesta torre ganhei um sensor de proximidade de Shrines. É um ícone na tela que pisca e ganha uns círculos quando você está indo em direção à uma Shrine.


Cheguei na estalagem e estábulo Dueling Peaks Stable. Uau. Parecia um playground de tanta coisa gostosa. lol

Tem vendedores, gente explicando coisas, itens, fogueira, uma Shrine, o estábulo onde se registram os cavalos e... cavalos selvagens para capturar e domar.



O esquema para pegar um cavalo é simples: aperta o botão de movimentação para baixo para o Link andar agachado e não ser detectado pelos cavalos. Vai se aproximando devagar de um deles e quando chegar perto, A para montar e ele vai começar a escoicear para se livrar de você. Tem que ir usando o L até domar. Peguei o mais bonito que vi, todo malhado, fiquei toda feliz e logo depois o Thiago Andrez, meu amigo fodão em Zelda, falou que os de uma só cor são melhores. Estraga prazeres! :(

Depois de domar um cavalo é necessário voltar à estalagem para registrá-lo.
A partir de então estará disponível sempre que apitar, embora parece que temos
que estar relativamente próximos a um estábulo.
Eu tentei pegar um de uma só cor, mas eles escoiceiam demais e minha stamina acabava e eu caia. Podia ter usado um elixir de stamina ou uma comida, mas quero dar umas voltinhas com meu dócil Malhado antes. :D

Bem na frente da estalagem fica uma Shrine. Ela está cercada por espinhos. Tentei tacar fogo, mas eles estão molhados de água e não queimam. O jeito foi subir no barranco próximo e tentar pousar na pequena área de entrada.

Muita atenção nesta hora!!! Subindo no barranco, tem uma pedra para explodir e um pequeno caminho. Seguindo o caminho tem mais pedras. E depois tem um acampamento de bandidos. Já sabe, né? Foco!!! lol

Depois das pedras e dos bandidos, voltei ao barranco e consegui pousar.



Como o nome indica você usará o poder de criar plataformas à partir de água. Não é difícil, realmente. Eu descobri sozinha a solução e me senti o próprio crânio de tão esperta. Zelda faz isto conosco: nos ilude para pensarmos que somos espertos demais e eu sempre caio. kkkkkk




Ok. Sem tesourinho nesta Shrine. Peguei meu orb e me fui.

Vilarejo Kakariko cada vez mais perto, eu poderia chegar lá hoje. Mas quando estava na estalagem, ouvi uma conversa muito interessante:



Eu TENHO que checar isto. Vocês entendem, não? rsrs

Mapa até o momento. Estábulo, estalagem, as duas Shrines. Círculo acima é onde tenho que ir para a quest principal.
Pontinho na ponta inferior é para onde vou.

0 comentários:

Posts relacionados: