segunda-feira, 28 de novembro de 2016

O bom filho à casa torna!!!



Esse dito popular ilustra muito bem o meu sentimento desde que a Neiva me convidou para fazer as postagens do Final Fantasy XV na semana passada. É cômodo e ao mesmo tempo diferente escrever aqui de novo depois de tanto tempo.

Eu "nasci" aqui neste blog e depois disso já estive envolvido em vários outros projetos "gamísticos": depois do meu primeiro tempo em "A Itinerante" nasceu o fórum Fantasy Dreamers, que durou um certo tempo e pra onde foram alguns dos órfãos daqui nesse período que ficamos sem blogar e onde fiz grandes amigos que tenho até hoje, depois disso o fórum também se desfez e eu criei um blog com o mesmo nome, em parceria com um amigo, depois de um tempo a faculdade, trabalho e jogatinas acabaram tornando difícil a conciliação com as postagens no blog e acabamos parando por um tempo também, mas quando a gente tem o "bichinho da escrita" a gente não consegue ficar longe por muito tempo e por isso, depois de um tempo o Fantasy Dreamers ressurgiu como "Games com Limão", um blog mais despretensioso, com um time maior de autores e onde falávamos de outras nerdices, além de games, hehe... E ele foi muito bem por um tempo, principalmente no facebook, onde a página já conta com mais de 80 curtidas e tivemos alguns posts com um número razoável de visualizações, mas infelizmente, depois de um tempo as obrigações da vida começaram a nos cobrar novamente e nós acabamos diminuindo bastante o ritmo das postagens... Mas aqui estou de novo, embarcando de cabeça nesse desafio que a Neiva me deu.

Agora que já me (re)apresentei, vamos falar do que realmente interessa e do que eu estou aqui pra falar: FINAL FANTASY XV! Depois de 10 anos, muitas reformulações no enredo, nos personagens, no nome e muitos adiamentos finalmente estamos às vésperas do lançamento deste game tão aguardado pela comunidade de fãs. Um lançamento de um Final Fantasy geralmente é também um marco na indústria dos jogos digitais, afinal, estamos falando de uma das franquias de RPG mais antigas e lucrativas da história e que, além disso, promoveu diversas mudanças e inovações que marcaram as gerações de consoles até aqui.


E afinal, o que podemos esperar de Final Fantasy XV?


Bom, é verdade que as coisas não andam muito boas para a comunidade Final Fantasy nos últimos tempos, desde Final Fantasy XII os fãs andam bem divididos (e briguentos) no que compete aos rumos da série e vamos combinar, a Squenix andou pisando feio na bola conosco diversas vezes durante esse tempo, foi Final Fantasy XIII que acabou virando uma trilogia sem pé nem cabeça em diversos aspectos, foi final de XIII-2 vendido por DLC (What?!?) um Final Fantasy XIII-3 caça-níquel pra tentar consertar os erros, mas que acabou deixando tudo ainda pior e um Final Fantasy XIV que teve que ser praticamente refeito do Zero devido à tantos erros e problemas. Eu não sou um dos haters mimizentos da franquia, mas também não sou cego, joguei muito os 3 jogos da saga XIII e gosto muito dos 3 em diferentes aspectos, mas não podemos negligenciar o fato de que todos esperávamos mais. O XIV eu não tive a chance de jogar, mas disseram que depois do relançamento como A Realm Reborn o jogo está muito melhor e todos os meus amigos que jogam são completamente apaixonados.


É nesse cenário conturbado que chegamos ao lançamento de FF XV, com a proposta de redimir a Squenix e trazer para os fãs aquela fantasia final que esperamos à muito tempo (Será?!)! Uma coisa que temos que admitir é que as ações promocionais e de marketing foram sensacionais, rolou de tudo: Eventos exclusivos, anime pra contar o passado dos personagens, jogo de Smartphone, filme com um elenco quase Hollywoodiano, carro personalizado vendido pela BMW, trailers de tirar o fôlego, umas três ou quatro demos diferentes, etc. Foi muita coisa acontecendo em paralelo para nos deixar cada vez mais animados com o jogo.

Desde a última sexta-feira (25/11) que eu estou sabendo que já tem gente jogando, pelo jeito extraviaram algumas cópias do jogo antes da hora (inveja, T.T) eu comprei a edição limitada do Submarino, recebi um e-mail hoje avisando que foi separado para entrega, com sorte, amanhã já jogarei (oremos). As opiniões que eu vi até então estão bem divididas, pessoal gostou bastante da jogabilidade, do combate e exploração, tem muuuuita coisa pra fazer na primeira metade do jogo, muitas sidequests, as caçadas estão sensacionais e a customização dos personagens também agradou bastante, maaaasss, vi algumas pessoas falando que o enredo é raso, deixa a desejar em alguns aspectos e que a segunda metade do game é bem linear (XIII fazendo escola). Eu sou do tipo que tem que jogar para crer, então ainda estou com as expectativas altas para o jogo, Acredito muito que vamos viver uma incrível aventura e estou muito ansioso para isso.

E vocês, o que esperam do jogo? Alguém aí já está jogando? Quero ouvir (ler) a opinião de todos e conto com vocês para fazer essa jornada mais emocionante ainda! Espero estar à altura da Neiva, ou pelo menos chegar perto e poder compartilhar aqui um pouco da minha aventura, quero mandar também alguns gameplays comentados pro meu canal no Youtube e compartilhar aqui, vamos ver se rola, mas é isso aí, mais um Final Fantasy, a animação está a mil! Bora lá!

0 comentários:

Posts relacionados: